Conheça a tecnologia por trás do suco de caixinha

Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+

Recentemente participamos do #encontroTetraPak para aprender mais sobre o tão falado suco de caixinha. Na primeira parte do evento, a nutricionista Beatriz Botéquio, da Equilibrium Consultoria, deu um panorama sobre o consumo de frutas no Brasil. Embora disponíveis em abundância, o consumo de frutas pela população brasileira está muito aquém da recomendada.

Segundo dados da Vigitel 2014, apenas um quarto da população brasileira (24,1%) consome a quantidade de frutas e hortaliças recomendada pela OMS 

Diante deste cenário, programas e ferramentas foram desenvolvidos em parceria com o Ministério da Saúde para educar e incentivar a população brasileira com o objetivo de aumentar a ingestão de frutas, legumes e verduras. A Pirâmide Alimentar Brasileira e o Programa 5 ao Dia destacam o suco de fruta, sem adição de açúcares) como opção para atingir uma das porções recomendadas de frutas aos dia.

camadas_sucodecaixinhaCom a correria do dia a dia, nem sempre é possível fazer em casa o suco é ai que entra o suco de caixinha. Mas o suco de caixinha não é cheio de conservantes? A resposta é não! Como isso é possível?  A combinação das multicamadas da caixinha e o processo térmico permite que os sucos sejam envasados sem a adição de conservantes, açúcar e/ou corantes. Hoje no mercado há boas opções de sucos 100%, uma boa maneira de ver se o suco é 100% fruta é dar uma olhadinha na lista de ingredientes do produto

Os sucos de fruta são bebidas que agregam nutrição e hidratação e são boas opções para o café da manhã e lanches intermediários

evento_Tetra Pak

Visite regularmente os profissionais de saúde e alimentação de sua confiança. Esse site possui conteúdo meramente orientativo e complementar.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>