Você já parou para pensar sobre qual é a função das embalagens? No porquê de elas terem sido desenvolvidas, qual seu papel para a saúde das pessoas e até mesmo para a economia mundial?

É graças à proteção das embalagens que os mais diversos alimentos e bebidas podem ser transportados com segurança, sendo acessíveis para mais pessoas e em mais lugares. De que outra maneira seria possível, por exemplo, degustar um suco de cranberry no verão do nordeste brasileiro? Ou como os finlandeses teriam acesso a um molho de tomate em pleno inverno?

As embalagens evitam o desperdício durante o transporte, uma vez que elas que protegem melhor os produtos. Também possibilitam que exista uma maior variedade de produtos, chegando para mais pessoas e permitindo que os alimentos durem mais tempo fora da geladeira. Mas, como isso é possível?

Graças a esse combo:

estrutura da embalagem
+
envase asséptico
+
tecnologias de pasteurização e/ou ultrapasteurização

Com isso, os alimentos não têm o risco de contaminação por bactérias e microorganismos, tendo como resultado alimentos nutritivos e seguros.

Estrutura da embalagem

As embalagens longa vida são compostas por seis camadas intercaladas de papel-cartão, polietileno e alumínio. As caixinhas não podem ser transparentes e há uma excelente razão para isso: a luz pode afetar a cor e até mesmo alterar a composição nutricional dos alimentos. É para isso que serve a camada de alumínio, ela impede o contato dos produtos com a luz. Os outros materiais servem para impermeabilizar, dar firmeza e facilitar a impressão dos rótulos.

Envase asséptico

Esse sistema foi desenvolvido para impedir a penetração de microrganismos, cuja dimensão é inferior a milésimos de milímetros. Na linha de envase, as embalagens são lavadas, esterilizadas e passam por rolos espremedores antes de receber o produto. Todo sistema possui ainda dispositivos que impossibilitam falhas que possam comprometer a qualidade do produto.

Tratamento UHT e conservação

A pasteurização e a ultrapasteurização são processos térmicos muito semelhantes que servem, basicamente, para garantir que as propriedades das bebidas sejam preservadas e, também, para que elas estejam livres de contaminação.

Vamos usar o exemplo da ultrapasteurização, também conhecida como UHT (Ultra High Temperature), um processo aplicado ao leite líquido. Ela funciona da seguinte maneira: o leite é submetido a uma temperatura que varia entre 130° e 150°C durante um curtíssimo período de tempo, de 2 a 4 segundos, e imediatamente resfriado a uma temperatura inferior a 32°C. Assim, são eliminados todos os microorganismos deteriorantes do leite. Além disso, é realizado também o processo de homogeneização, que consiste na quebra dos glóbulos de gordura do leite – a bebida é forçada a passar por uma abertura de 0,1 mm, a uma alta pressão.

Envase de embalagens Tetra Pak

Duração e armazenamento

É por isso que, antes de abrir as caixinhas, os produtos podem durar até 120 dias fora da geladeira. No entanto, após a abertura, é importante que você siga as orientações de consumo descritas na embalagem.

Ficou alguma dúvida? Compartilhe com a gente!