Desvendando os alimentos funcionais

Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+

alimentos funcionais_stockfreh Muito se fala sobre os alimentos funcionais, mas você sabe o por que são chamados de “funcionais” e quais são os benefícios desse tipo de alimento para nossa saúde? Convidamos a nutricionista Renata Queiroz para falar sobre o tema.

Segundo a nutricionista, o temo “funcional” se refere aos alimentos que contêm ingredientes ativos que beneficiam o organismo de alguma forma. Esses alimentos são capazes de prevenir doenças e amenizar alguns problemas de saúde como, por exemplo, o colesterol alto.

Quais são eles?

Alho – possui a substância alicina, que é antioxidante e ajuda na prevenção do câncer e da hipertensão.

Tomate – conta com o licopeno, uma substância que protege as células dos radicais livres, retarda o envelhecimento e diminui os riscos de câncer.

Chá verde – contribui na redução do colesterol ruim (LDL) e a diminuir as chances de doenças cardíacas, ao fortalecer as artérias.

Peixes – são ricos em ômega-3, importantes na prevenção de problemas no coração e do câncer.

Soja – o grão conta com a isoflavona, que diminui o colesterol ruim e o risco de câncer.

A nutricionista atenta que para alcançar os benefícios acima é preciso acrescentar esses ingredientes regularmente na dieta. É importante consultar um nutricionista para que as escolhas e porções estejam adequadas às necessidades reais de cada um.

Fonte consultada: Renata Queiroz, nutricionista.   

Visite regularmente os profissionais de saúde e alimentação de sua confiança. Esse site possui conteúdo meramente orientativo e complementar.

Uma ideia sobre “Desvendando os alimentos funcionais

  1. Pingback: Picolés funcionais: delícias de verão | nutricaoweb

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>