Como os alimentos podem ajudar a combater o inchaço?

Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+

Você chega em casa após um dia longo e percebe que os tornozelos ficaram marcados pelas meias? Este é um sinal de inchaço, popularmente conhecido como “retenção de líquidos”, que pode acontecer em diversas partes do corpo.

O edema – termo médico para o inchaço – acontece quando um líquido pobre em proteínas do sangue extravasa dos vasos sanguíneos e vai para o tecido subcutâneo. Por isso, a pele pode ficar com aspecto inchado e brilhante, sendo facilmente comprimida por roupas, acessórios ou mesmo nossos próprios dedos.

mulher tirando os sapatos após um dia cansativo

Para evitar o surgimento de inchaço é essencial manter o equilíbrio de todos os líquidos do nosso corpo – afinal, mais de dois terços dele é composto por água. E é aí que uma alimentação adequada pode se tornar uma grande aliada.

A nutricionista Raquel Labonia, do WellMove, explica que alguns alimentos podem favorecer o acúmulo de líquido no corpo, como o próprio sal que adicionamos na nossa comida, além de alimentos ricos em sódio, a exemplo dos embutidos e conservas. “Refrigerantes e doces, que possuem muitos açúcares, também desempenham um papel na retenção de líquidos”. Por isso, devem ser consumidos em moderação.

Já outros alimentos atuam de forma oposta e podem colaborar para regular os líquidos que entram e saem do nosso organismo. “Abacaxi, melão, melancia, alface e pepino estão nessa lista. Beber bastante água também mantém esse sistema funcionando bem”, explica Raquel.

Além disso, há alguns alimentos que possuem propriedades diuréticas, isto é, favorecem o aumento do fluxo urinário e a eliminação do excesso de sódio e potássio do corpo. “O chá verde, o hibisco e o gengibre são alguns exemplos”, cita.

Cuidados importantes

O consumo de chás diuréticos não pode ultrapassar a quantidade de água que você bebe no dia. “Sempre prefira beber mais água que outras bebidas”, reforça Raquel, “pois é importante não abusar desses alimentos para não sobrecarregar os rins – um cuidado válido principalmente para pessoas com histórico familiar ou algum problema já diagnosticado”.

É bom lembrar ainda que, embora todos esses cuidados com a alimentação sejam úteis, você deve ir ao médico regularmente para acompanhar sua saúde. “Quando o inchaço é muito visível e frequente, é importante manter em dia os exames de rotina para ver se não há nenhum problema hormonal ou renal envolvido”, detalha Raquel.

Dica prática & saudável: clique aqui e aprenda a preparar um suchá de maçã com hibisco – saboroso, diurético e saudável.

 

Suchá de hibisco


Fontes consultadas:

Raquel Labonia, nutricionista e criadora do WellMove, Movimento Pelo Bem-Estar
Retenção de líquidos, por Drauzio Varella

Visite regularmente os profissionais de saúde e alimentação de sua confiança. Esse site possui conteúdo meramente orientativo e complementar.

2 ideias sobre “Como os alimentos podem ajudar a combater o inchaço?

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>